Município de Renascença, quarta, 11 de dezembro de 2019 12h : 02m - Paraná - BR

Notícias

Autor: Comunicacao

Com ótimos resultados, Renascença entra no Ranking de Excelência do índice FIRJAN de Gestão Fiscal

Índice FIRJAN de Gestão Fiscal – é um estudo anual que usa como base estatísticas oficiais a partir dos dados declarados pelos municípios. O IFGF analisa as contas das cidades brasileiras através de alguns indicadores e tem como objetivo estimular a responsabilidade administrativa.

Os indicadores levados em consideração para o índice são: Receita Própria, Pessoal, Investimentos, Liquidez e custo da Dívida.

A leitura do índice é simples, e varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) para classificar o nível de cada município nas categorias citadas, ou seja, quanto mais próximo de 1, melhor a gestão fiscal do município.

Conceito A (Gestão de Excelência): resultados superiores a 0,8 pontos.

Conceito B (Boa Gestão): resultados compreendidos entre 0,6 e 0,8 pontos.

Conceito C (Gestão em Dificuldade): resultados compreendidos entre 0,4 e 0,6 pontos.

Conceito D (Gestão Crítica): resultados inferiores a 0,4 pontos.

Renascença conseguiu conceito “A” em todos os índices, ocupando o 5º lugar no ranking regional, 12º lugar no ranking estadual e 148º lugar no ranking nacional, atingindo quase nota máxima nas três áreas de atuação.

Mesmo com o país em um longo período de queda, a gestão do município conseguiu administrar de forma eficiente e se adaptou ao cenário. Renascença conseguiu destinar melhor os recursos, de forma consciente, não penalizando investimentos cruciais para o desenvolvimento.

Na visão geral do índice, o município apresenta avanço progressivo com relação aos anos anteriores e busca resultados ainda melhores para os próximos anos.